segunda-feira, 13 de abril de 2009


OLA GALERA BEM DIDICO NA FORMA DE APOSENTADO CURTINDO MUITO SUAS FERIAS SEMPRE COM O FIEL ESCUDEIRO RAFAEL.. LINDO!!!!




Adriano recebe apoio de Romário para dar um tempo

Baixinho diz que poucos teriam a mesma coragem.

"Falaram um montão de coisa, porque o Adriano é isso, e o Adriano é aquilo. Adriano está morto. Pelo amor de Deus, estão até me matando”, declarou Adriano.

Adriano é desses jogadores que chamam atenção pela saúde, é um touro! Mas, no entanto, nesse aspecto, por alguns dias, as especulações não primaram pela moderação. Está morto, foi baleado, está com Aids, é alcoólatra, viciado em drogas.

Segundo Adriano, não era nada disso: "Sei que é difícil para mim hoje até de explicar, porque, de repente, muita gente não entende. Mas eu fiz isso tudo, porque eu estou optando pela minha felicidade”, disse Adriano.

Aos 27 anos, no auge da fama, no auge da grana, chutar tudo para o alto? Onde já se viu?

Já vimos um filme bem parecido. Um tal de Romário que também nasceu em uma favela do Rio, depois de arrebentar na Europa, ganhar uma Copa e ser eleito o melhor do mundo, decide deixar uma fortuna para trás e voltar ao Brasil.

“Na verdade já existe preconceito dele ter saído de onde saiu e ter ganhado o que ele está ganhando, aí vem o outro preconceito que é ele deixar de ganhar isso para voltar a ter uma vida aqui, que, na cabeça das pessoas, vai ser uma vida inferior da que ele tem lá na Europa. Isso existe”, afirma Romário.

“O que vale é a felicidade dele e dou até parabéns a ele por essa decisão, porque poucas pessoas têm essa coragem”, observa Romário.

Para abdicar do trono, o Imperador paga um preço, alto! Para ficar três meses em casa, se for só isso, Adriano está deixando de ganhar, por baixo, R$4 milhões.

Para ele, a grande atração dessa volta é um lugar que representa exatamente a falta de dinheiro: a favela. Adriano nasceu na Vila Cruzeiro.

Imagine ele como um garoto da favela, batendo uma bolinha nesse campinho de terra. Sonhando com um mundo dos dólares e dos deuses que o futebol pode proporcionar. Adriano foi e venceu. Mas agora é alvo. Os críticos dizem: ele não dá uma dentro!

Assim como o campo de futebol onde ele iniciou a carreira, a vida de Adriano teve muitos altos e baixos: financeiros, esportivos e, agora, emocionais.

Voltar ao Rio, voltar a conviver com os amigos da favela foi a forma que ele encontrou para retornar aos valores que são mais importantes para ele.

“Adoro a minha comunidade, sou nascido e criado, então é isso. Eu nunca vou deixar de ir lá, porque eu me sinto bem. Foi onde as pessoas me viram desde pequeno", falou Adriano.

Foi em um beco que Adriano brincou, cresceu, foi feliz. Na última casa morava a avó Vanda. De manhã à noite, ele ficava lá. As paredes são decoradas com imagens do herói de todos.

“Quando ele vem na favela, as crianças ficam todas eufóricas, gritam: ‘Adriano, Adriano, Adriano’. Então, as crianças esquecem um pouco o foco da favela em termos de violência, e ele traz alegria”, contou Fagner, amigo de Adriano.

“A comunidade está aí para abraçar ele na decisão que ele tomou”, afirmou Jorginho.

Virar um Adriano é ganhar na loteria, é deixar a pobreza, e não só ela, ao redor tem violência, drogas.

“Jogo em um clube que muito sério que é o Inter de Milão. E a seleção brasileira tem exames. Nunca fui acusado de nada. Isso realmente me deixa muito triste, porque eu tenho família e tenho amigos que sabem que nunca tive contato com isso. Pelo contrário, a minha realidade é outra”, disse Adriano.

E que realidade era essa? Joana foi namorada dele, conviveu com Adriano em Milão.

“A solidão que é na Itália, porque lá é uma casa enorme. Não tem família, e não tem ninguém. Amigos são poucos, de verdade, em quem ele confia e que freqüentam a casa dele”, contou Joana.

“Ele já me chegou a me confidenciar que passou um Natal sozinho, que chorou muito”, disse a ex-namorada.

Ser infeliz nesse contexto é normal? Adriano precisa de um tratamento?

“O Adriano vai ao morro, porque lá tem o aconchego, lá tem os amigos, tem os amigos que não estão de olho no dinheiro dele ou no status dele. Lá estão os amigos que jogaram futebol com tampinha na rua, quando eles eram moleques. Então, esse tipo de afeto, que é o afeto genuíno, que é o afeto puro, o Adriano não vai encontrar em Milão, em Moscou, em Roma, em lugar nenhum do mundo”, observou João Ricardo Lebert Cozac, da Associação Paulista de Psicologia de esporte.

Subir na vida atrás de uma bola é um caminho pra muito poucos, mas quem chega lá pode se dar certos luxos. Dinheiro não traz felicidade, mas traz você de volta para sua terra.

5 comentários:

Pretinha disse...

Bom dia,olha é verdade que dinheiro não trás felicidade, mas seriamos hipocritas se falassemos que ele não ajudar. Mas devemos fazer tudo sem demasia, valorizar os nosso familiares , nossa origem isso é muito importante.Dar um tempo pra esfriar a cabeça é essencial para um pessoa que teve um giro de 360°graus. Agora é relaxar, curtir a vida e amar bastante e ser amado! Beijos e abraços carinhosos Paty!

chris disse...

ola pretinha vi que vc é nova por aqui seja bem vinda.. bjs

louca pelo ADRIANO disse...

estou aqui em frente ao computador na hora em que a fedida esta dando uma entrevista p o progama dia dia da band que raiva que falsa!

gigi disse...

o dri acabou de se livrar de uma piranha e ja ta arrumano outra,mulher moranguinho ninguem merece,esse gosta de arrumar increnca pra vida dele,o dri e mto imaturo,criança mesmo,conhece uma mulher hoje e ja leva pra casa dele,onde isso vai parar meus deus,tao dizendo ai que essas loucuras que ele anda fazendo e por que terminou com a joana,mas nos aqui do blog sabemos que nao tem nada a ver,quantas vezes vimos esse filme galera?nao e por causa de ninguem e de nada,o problema e ele que parece uma criança mimada,quando e que ele vai acordar,e quando esses amigos e a familia dele que ele enche a boca pra falar vao começar a dar bons conselhos pra ele,hoje vi no jornal que ele ja levou a moranguinho pra dona rosilda conhecer e ela ja ta na csa dele,sinto mto dizer porque sei que mae nessa hora so sofre mas ela precisa dizer nao pra ele acho que ninguem gosat de contrariar o que ele faz de errado,e tao deixando ele se afundar,e que exemplo esse cara vai dar pros filhos,nao tem desculpa dessa vez galera ele agiu como um irresponsavel com a inter,se fosse qualquer pessoa que deixasse o trabalho assim sem mais nem menos iriamos chamar de irresponsavel nao e porque e o dri que vamos dizer que ta certo,e quem ta deprimido fica em casa s nao fazendo festas.cansei

fabiana disse...

Olha eu não sei o que aconteceu,mas fico muito triste por vc,pq sempre te achei uma pessoa maravilhosa e muito prestativo com todos, não so com pessoas que vc conhece...fico aqui pensando e pedindo para que deus te ilumine e ilumine o seu caminho,para que ele te ajude a char novamente a razão de viver,fico imaginando como é duro mesmo ficar longe das pessoas que a gente ama...sei que as vezes vc nem le as mensagens,mas se tiver a oportunidade de ler esta fico imensamente feliz em poder te ajudar nem que seje a distancia aqui do parana,,,pois adoro vc e acho vc muito transparente,...vai atras da sua felicidade mas quer um conselho jamais fique com que vc ama e sim fique com quem ama vc,pois somos humanos e sempre aprendemos a amar as pessoas que realmente nos ama essa pode ter certeza que te amara pro resto de suas vidas e amara a vc e seus filhos,,,espero que desta forma eu tenha contribuido para a sua SUPERAÇÃO ... te adoro beijosssss