domingo, 4 de outubro de 2009

Adriano detona Cuca e esquenta o Fla x Flu

Imperador diz que foi exposto pelo treinador, que encobria atrasos, mas não o seu: ‘Se ele fosse técnico de verdade, resguardaria seus jogadores’. Atacante também ironizou Digão

POR JANIR JÚNIOR, RIO DE JANEIRO

Rio - Adriano esquentou o clássico de amanhã ao fritar Cuca, técnico do Fluminense, e ironizar o zagueiro Digão. O Imperador, que foi criticado publicamente pelo treinador quando estava no Flamengo, questionou a postura e conduta do ex-comandante, e disse duvidar que ele seja técnico de verdade. Na Gávea, para encobrir atrasos de alguns jogadores, Cuca retardava o início das atividades para que a indisciplina não chegasse ao conhecimento público. Mas, às vésperas do jogo com o São Paulo, o atacante se atrasou e o técnico fez justamente o contrário: foi a campo para deixar claro para o grupo que o atacante estava descumprindo o horário.

“Ele mesmo disse que começou o treino para mostrar aos outros que eu estava atrasado. Se ele fosse técnico de verdade, resguardaria seu jogador. Se ele quer ganhar, precisa respeitar o jogador. Mas deixa ele, sem mágoas, boa sorte”, disparou Adriano, deixando o largo sorriso escondido no semblante fechado.

A passagem de Cuca na Gávea foi marcada por um clima interno que beirava o insustentável. O técnico entrou em atrito com diversos jogadores. O auge do mal-estar aconteceu quando ele criticou a forma física e as faltas de Adriano.

Pouco tempo depois, por ordem da diretoria da época, Cuca e Adriano foram orientados a conceder entrevistas lado a lado para tentar montar o teatro das aparências, como se estivesse tudo bem. Mas o clima seguiu pesado até a demissão do treinador.

ALFINETADA EM DIGÃO

Na entrevista concedida ontem, no Ninho do Urubu, Adriano em momento algum atacou o Fluminense, fazendo questão de dizer que não existe favorito no clássico.

Mas, além de detonar Cuca, o Imperador também ironizou o zagueiro Digão, do Tricolor. Questionado se o jogador de 21 anos sentiria o peso de atuar num Maracanã lotado, Adriano destilou ironia.

“Acho que ele não vai sentir pressão, pois disse que, se no Flamengo tem Imperador, lá tem Digão. Se eu for citar cada zagueiro que já enfrentei na vida, nem lembrarei do nome dele. O garoto tem que ir mais devagar”, criticou Adriano.

No Fla x Flu, o Imperador quer dar a resposta em campo, uma para Cuca outra para Digão, mas não com palavras, e, sim, com dois gols.

ATACANTE BRINCA E NEGA CASAMENTO

Adriano só deixou o sorriso de lado ao detonar Cuca. De bom humor, a entrevista coletiva já se encaminhava para o fim quando, mirando o repórter, ele soltou: “Vai, estou esperando a pergunta sobre o casamento”. Formalizada a pergunta em meio à gargalhada, o Imperador abriu o coração e negou que vá juntar as escovas de dentes com a personal trainer Joana Machado, apesar de dizer que “infelizmente” não era verdade.

“Somos apenas amigos, sempre nos falamos e recentemente saímos para jantar. Ela é uma pessoa maravilhosa, infelizmente a gente não vai casar. O pessoal lê as notícias no jornal e brinca: ‘Pô, você vai casar e nem me avisa’. Fico chateado com isso”, afirmou o jogador rubro-negro.

Ontem, depois do treinamento da tarde no Ninho do Urubu, em Vargem Grande, Adriano teve 100% de aproveitamento nas cobranças de pênaltis. Em seis, o atacante fez todas. Zé Roberto foi outro que treinou as cobranças.

CUCA RESPONDE COM AFAGOS

Em meio à polêmica, Cuca preferiu não tentar apagar a fogueira com gasolina, o que aumentaria o incêndio. O técnico do Fluminense assumiu um discurso pacificador, apesar da evidente relação tumultuada com o Imperador.

“Nunca adiantei treino e nem combinei novos horários com os jogadores. Sempre fazemos uma rodinha para aquecer e isso adianta um pouco o horário marcado. Não tenho o que responder. O Adriano sempre foi útil para mim, um jogador bom de trabalhar... Aliás, foi ótimo trabalhar com ele, não tenho nenhuma queixa. Desejo sorte e que ele seja feliz no Flamengo e na Seleção Brasileira”, declarou Cuca.

Andrade, por sua vez, foi um dos poucos na Gávea a exaltar o técnico do Fluminense. “Eu trabalhei com ele duas vezes no Flamengo, foi gratificante e aprendi muito”, garantiu o técnico rubro-negro.

Neste sábado, o time faz seu último treino antes do Fla x Flu, à tarde, na Gávea.

3 comentários:

Camila disse...

ahahahahah
amiga, só hj pude ver isso...
ahahahahahahha
tô feliz da vida!!

Maai Diegues disse...

não vi o jogo , mais vou ver hj no esporte espetacular !
pelo jeito o Dri jogou super bem :D
bjs tchamo dri

paulamorena disse...

lindo I love dri,