quinta-feira, 7 de maio de 2009

MINHA ALEGRIA É MUITA HOJE DIDICO PERTINHO DE CASA AI QUE LINDO.. GAVEA LÁ VOU EU .. OH MARACA É NOSSO....OOOOOOOOOHHHH IMPERADOR VOLTOU... ADOREI A ENTREVISTA FALOU TUDO.... BJS

Agência/EFE

Adriano: 'Vestir essa camisa me dá de volta a alegria de jogar futebol'

Imperador é apresentado em grande festa na sede do Flamengo, na Gávea

Quase oito anos depois de sua última exibição com a camisa rubro-negra, no dia 28 de julho de 2001, na vitória sobre o San Lorenzo por 2 a 1, em Buenos Aires, pela Copa Mercosul, Adriano está de volta ao Flamengo. Com uma recepção de gala, o Imperador concedeu entrevista coletiva no salão principal do Conselho Deliberativo, na Gávea, e abriu seu coração. Muito sorridente, ele falou sobre o sonho de voltar à seleção, sua amizade com Ronaldo, e afirmou que a decepção com o futebol faz parte do passado.

- Vestir essa camisa me dá de volta a alegria de jogar futebol. A alegria voltou. Nunca pensei em parar. Quis apenas dar um tempo para relaxar e estar ao lado de minha família, dos meus amigos, que são as pessoas que verdadeiramente gostam de mim - afirmou Adriano.

Pouco depois de iniciada a entrevista, o presidente licenciado do Flamengo, Marcio Braga, que chegou atrasado, interrompeu para dar um abraçado apertado em Adriano. Em seguida, o Imperador, que já vestia a camisa do time, com seu nome às costas, abaixo de um ponto de interrogação, beijou o escudo do clube. o número de Adriano será decidido pela torcida em uma enquete criada pela diretoria rubro-negra. A tendência é que ele vista a 10 ou a 9.

O Imperador contou que seu problema ultimamente não era com o Internazionale de Milão, mas sim com a Itália, onde não se sentia bem.

Adriano sorri e mostra o escudo do Fla

- Sempre gostei de rir, de brincar, de me divertir. Isso não estava acontecendo na Itália. E logo que voltei ao Brasil, não demorei muito para voltar a ser feliz.

Adriano disse que sua ideia é estrear pelo Flamengo no fim de maio ou começo de junho.

- Não tenho previsão para começar. Preciso fazer os exames médicos, ver com a comissão técnica como está minha parte física. Não perdi toda minha forma, mas claro que preciso de um bom tempo para estar próximo de cem por cento. Acredito que no dia primeiro de junho estarei pronto.

O vice-presidente de futebol, Kleber Leite, já até antecipou quem poderá ser o adversário.

- Nossos planos são para que a estreia seja no dia 30, contra o Atlético-PR, no Maracanã.

Confira abaixo outros trechos da entrevista de Adriano:

A volta para casa

- Eu voltei para a minha casa, onde eu fui criado. Voltei ao Brasil para tentar reconquistar minha felicidade. Sempre quis retornar ao Flamengo, e nada melhor do que estar do lado de quem a gente gosta. Eu sabia que estar aqui iria me fazer muito bem.

Opoder de sua avó

- Minha avó é uma das responsáveis por eu estar aqui hoje. Ela e minha família. Quando entrei no clube hoje, me senti como se tivesse sete anos de novo, que foi a idade que comecei aqui (assista no vídeo ao lado).

Críticas da torcida do Inter de Milão

- Conversei com o presidente do Inter (de Milão) e ele também ficou feliz ao saber que estou alegre. Saí de lá porque não estava me sentindo bem no país, nada teve a ver com o clube. Eles foram muito bons comigo, sempre. Muita gente lá em Milão não acredita, eu sei, mas apenas fiz uma escolha para a minha vida. Que hoje, é o Flamengo.

O companheiro ideal de ataque no Fla

- Acho que tenho que conquistar primeiro minha vaga, para depois saber quem vai jogar junto comigo. Acompanhei o jogo contra o Fortaleza, fiquei muito feliz com a vitória, e espero que o treinador possa me dar uma oportunidade para jogar junto com esse time, que está muito bem. O Cuca é quem vai decidir a escalação.

Seleção brasileira nos planos

- Estar no Flamengo me deixa mais próximo da seleção. Mas isso vai depender do meu desempenho. Tenho um ótimo relacionamento com todos na seleção e acho que poderei voltar sim, se estiver bem.

Amizade com Ronaldo

- Ronaldo é um grandíssimo amigo meu. Me ajudou muito em Milão, e continua me ajudando. (Nesse momento, algumas pessoas presentes à entrevista vaiaram quando o nome de Ronaldo foi citado) O exemplo dele de vida é para todos, não só para mim. Se ele não está no Flamengo, é por qualquer outra razão que não a vontade dele. Ele fez a escolha dele e temos que respeitar isso. Nunca vou o abandonar. Desejo toda sorte do mundo a ele.

Duelo com o Fenômeno no campo

- Vou fazer de tudo para o Flamengo ganhar, e ele vai fazer de tudo para o Corinthians vencer. Com certeza vai ser um belo espetáculo.

Cobertura sensacionalista da imprensa

- Infelizmente, tem gente que, quando faz um nome, fama, não consegue mais fazer o que gosta. Mas eu não admito isso. Nunca vou deixar de fazer o que gosto. Vou à laje, sim, porque sou igual a todo mundo, não sou diferente de ninguém. Quando vou ao shopping com minha mãe, isso não sai na imprensa. Só usam o lado que pode ser mais polêmico, para eles. Mas eu não ligo, vou seguir vivendo da maneira como acho que devo viver.


5 comentários:

louca pelo ADRIANO disse...

hoje é o dia mais feliz da minha vida!

louca pelo ADRIANO disse...

CHRIS tem um lurgazinho aí na sua casa ...
Também queroficar pertinho...

gigi disse...

bom amigtrar em que site explica pra nos,agora sobre a ex ela tem que falar que o dri ainda ama ela e pode ter volta amiga senao ela nao vai conseguir posar pelada,e se tirar a tatuagem entao ai e que ela nao consegue mesmo,pode ter certeza que quando ela fez a tato ja era pensano nisso,em ficar famosa as custas dele.so sao paulina mas vo torcer pra ele no flamengo.

luciene disse...

AMO O ADRIANO

K bom q voltou, estava com saudades estou torcendo por vc, quero te ver tb na copa......

mary disse...

hum, dri ficar perto de mi quero ser famosa, só não posar nua.risos my life!!!!