sábado, 12 de janeiro de 2008


OI GALERA VCS PERCEBERAM QUE O DRI ESTA COM UM MACHUCADO NA TESTA..É O ACIDENTE DEIXOU MARCAS ...BOM FDS.. BJÃO




Seis meses para ser ídolo?



Será que esse tempo é suficiente para o atacante conquistar a torcida? Para Adriano, a seqüência de jogos irá dizer.
- Eu preciso pensar a cada partida, e tentar fazer o melhor. Espero que depois desse tempo eu possa ser reconhecido como um ídolo da torcida, pois estou voltando diferente ao Brasil.

Parceria com Aloísio aprovada



Apesar das características de jogo serem semelhantes, Adriano aprovou a dupla de ataque com o grandalhão Aloísio.
- Tem tudo para dar certo, com o Dagoberto também. O treinador sabe o que quer. Já joguei com o Vieri e o Ibramovich na Europa e não tive problemas. Sei que temos a mesma função, mas aí é só se movimentar em campo.


Pré-temporada



Adriano está impressionado com a maneira que o São Paulo prepara seus jogadores para o início das competições.


- Se fosse na Itália a gente nem teria visto ainda a cor da bola. Lá eles prezam muito a parte física. Aqui os trabalhos físicos são com bola. Eu acho muito melhor para o jogador



Adriano admite ansiedade por estréia no São Paulo


Principal reforço do São Paulo para a temporada, o atacante Adriano admitiu, neste sábado, que está ansioso por sua estréia pelo time paulista, o que deve acontecer na próxima quinta-feira, contra o Guaratinguetá, no interior paulista, pelo Campeonato Paulista.


Imperador assume 'descontrole' no pé
Bombas do jogador maltratam os companheiros: 'É mais forte do que eu chutar forte'...




Apesar dos pedidos de Muricy Ramalho para que os jogadores do São Paulo não se preocupassem com a potência do chute durante o treino de finalizações deste sábado, Adriano não conseguiu se controlar. Cada tentativa saía como uma bomba para maltratar os goleiros tricolores. Rogério Ceni, por exemplo, levou uma paulada no meio do peito, ao tentar defender um de seus bicos.

- Alguns já reclamaram comigo até, que eu chuto forte. Mas eu não consigo controlar, é mais forte do que eu - brinca o jogador.
As pancadas de Adriano são facilmente justificadas. Além de ser uma marca registrada, seu velho e bom chute de perna esquerda, a vontade de voltar aos campos contribui nesse "descontrole" na hora dos treinamentos.

- Tem que ser assim, porque quinta-feira nós já temos um jogo importante e a pontaria precisa estar em dia - completa o jogador.


Muitos mimos para Adriano


Jogador conta que nunca está sozinho e que tem recebido apoio de todos os tricolores

Adriano no treino do São Paulo
Um ponto importante para a recuperação de Adriano em sua passagem pelo São Paulo está sendo o carinho. O jogador conta que tem recebido apoio, e muitos mimos, de todos os jogadores do elenco.
- Eles têm sido ótimos, todos eles. Eu nunca fico sozinho e toda hora vem alguém me perguntar se eu estou precisando de alguma coisa. Estou me sentindo muito bem - conta Adriano, que confessou que ainda não conseguiu decorar o nome de todos os novos companheiros.


Mas que uma coisa fique clara. O jogador faz questão de dizer que é apenas mais um jogador do São Paulo, sem regalia alguma.


- Eu vim para o São Paulo porque eu pedi. Mas sou igual a todos, porque todos os jogadores têm méritos. A diretoria não me diferencia de ninguém, não tem Imperador para mandar, nem Rogério Ceni - avisa o jogador.

Embora goste de destacar sua igualdade de condições, Adriano sabe que é o centro das atenções do elenco.
- Eu tento ficar tranqüilo. Estou trienando bem, me esforçando e com certeza vou atuar bem. Quando se trabalha honestamente e com humildade, tudo vai bem. Não será fácil, porque todas as atenções estarão voltadas para mim, mas estou ansioso para voltar a jogar e espero começar no primeiro jogo já - finaliza.

2 comentários:

Sani disse...

Chhris eu fico pensando como deve ficar a cabeça do Adriano com tanta cobrança meo!!
Só colocando na mão de Deus msm!
bjss

chris disse...

é mesmo amiga todo mundo ta esperando que ele arrebante.. deve ta amil a cabeça dele..